Quando pensamos em gratidão, normalmente associamos ao ato de agradecer por um presente ou benefício recebido. Eu convido você a considerar uma definição muito mais ampla. O pesquisador e escritor de grande destaque sobre esse tema, Robert Emmons, define como “um sentimento de admiração, gratidão e apreço pela vida” como, por exemplo, sentir-se grato ao perceber pequenos acontecimentos positivos da vida, ou até gratidão a alguém que teve um importante papel em momentos difíceis da sua vida.

Por definição, a prática da gratidão envolve um foco no momento presente, em apreciar sua vida como ela é hoje e o que a fez assim. Expressar gratidão é muito mais do que dizer obrigado. A gratidão funciona como um neutralizador para as emoções negativas.

Pesquisas realizadas recentemente, começaram a chamar a atenção para seus múltiplos benefícios. As pessoas que são consistentemente gratas têm se mostrado relativamente mais felizes, mais enérgicas e mais esperançosas, e relatam sentir emoções positivas mais frequentes. Elas também tendem a ser mais úteis e empáticas, mais tolerantes e menos materialistas do que outras que são menos predispostas à gratidão.

Em seu livro “A Ciência da Felicidade”, Sonja Lyubomirsky, descreve um estudo realizado com dois grupos distintos. Ao primeiro foi solicitado escreverem cinco coisas pelas quais sentiam-se agradecidos, uma vez por semana, durante dez semanas seguidas.

Os participantes do outro grupo foram convidados a pensar em cinco dificuldades diárias ou cinco grandes eventos que lhes ocorreram, durante o mesmo período de tempo.

As descobertas foram empolgantes. Os participantes do grupo onde as expressões de gratidão foram solicitadas, relataram sentir-se mais otimistas e mais satisfeitos com suas vidas. Até mesmo sua saúde recebeu um impulso; eles relataram menos sintomas físicos (como dor de cabeça, acne, tosse ou náusea) . Outros estudos têm sido realizados em adultos com doenças crônicas com resultados extremamente positivos.

E você? Tem praticado gratidão ultimamente? Faça o exercício descrito nesse texto! Ao expressarmos gratidão às pequenas coisas da vida, aumentamos a possibilidade de experimentar emoções positivas, que estão diretamente ligadas às recompensas de saúde mental e física .