O TED do Ray Dalio – “How to build a company where the best ideas win” – é mais um dos meus preferidos. É possível que o principal motivo que me faça gostar tanto desse TED é o próprio Ray Dalio. Nem estou considerando o investidor que ele é, o império que construiu e sua atuação junto à filantropia. Sou mais simplista. Quando penso nele vejo alguém que esbanja humildade para reconhecer seus próprios erros, aprender com o que viveu e resiliência para repensar suas escolhas e persistir em novas experimentações.

Ele prega a sinceridade total e a meritocracia de ideias – prática que utiliza em sua empresa – onde todos, do Estagiário ao mais alto Executivo, podem emitir opiniões uns para os outros sobre os temas em debate. A partir do exercício da meritocracia, costuma vencer a melhor ideia proposta, independentemente de onde ela venha. Ele também defende o que chama de feedbacks sinceros, tendo inclusive criado uma ferramenta, o “coletor de pontos”, que permite que todos expressem suas opiniões, apoiando tomadas de decisão mais humildes e embasadas. Parece óbvio pensar dessa maneira, mas “pessoas diferentes sempre terão opiniões diferentes”. Imaginem se utilizássemos essa máxima nos nossos relacionamentos?

Como se não bastasse minha admiração por conta desse vídeo, ele escreveu um livro chamado “Princípios”, que já está na minha lista de prioridades. Pelas resenhas que li ele menciona alguns passos para conseguirmos o que desejamos, dentre eles começar definindo nossos objetivos, identificar e diagnosticar os problemas que surgirem, criar mecanismos para solucionar estes problemas, e por fim executar as soluções que encontrarmos.

Utilizo frequentemente esse TED em treinamentos, e normalmente ele gera um impacto por vezes polêmico em determinadas empresas, mesmo porque, como o próprio autor descreve, isso não funciona para todos. E para você, como seria se as pessoas à sua volta soubessem o que você verdadeiramente pensa sobre algumas coisas? E se você tivesse conhecimento do que elas pensam? Reflita se a meritocracia de ideias pode servir para você e para a Organização onde trabalha.

Alena de Castro