A liderança ágil é um termo popularizado por Bill Joiner e Stephen Josephs em seu livro “Agilidade na Liderança”, que reúne uma gama de habilidades fundamentais para que as organizações possam prosperar nos dias de hoje.

No contexto atual, todos os profissionais devem estar atentos à sua capacidade de entender e analisar os diferentes cenários que se apresentam para que, rapidamente, possam tomar decisões acertadas que contribuam para o cumprimento de seus objetivos.

Pensando no papel da liderança, essa capacidade deve ser fortalecida pela qualidade do relacionamento com sua equipe. A habilidade de influência e direcionamento, faz com que o Líder Ágil mantenha sua equipe focada no momento presente, estabelecendo uma conexão com a macro estratégia da empresa. Dessa forma, proporcionará uma visão clara sobre as contribuições de cada profissional para na construção do futuro da organização.

Joiner e Josephs descreve as quatro competências essenciais que definem uma Liderança Ágil:

  1. Agilidade para estabelecer contextos: habilidade para entender o ambiente, adaptar-se às necessidades e definir objetivos claros.
  2. Agilidade com stakeholders : habilidade de estabelecer alianças com as pessoas que poderão apoiar suas ideias e ações.
  3. Agilidade criativa: habilidade de transformar problemas complexos em oportunidades de inovações e melhorias de resultados.
  4. Agilidade de autoliderança: utilizar as situações do dia a dia como uma oportunidade para aprimorar seu autoconhecimento e desenvolvimento das habilidades de liderança.

Segundo os autores citados, atualmente 10% dos líderes e gerentes reúnem essas habilidades. Isso representa uma parcela muito pequena frente aos constantes desafios profissionais com os quais nos deparamos todos os dias.

E você? Como definiria seu nível de agilidade de liderança?

Que passos você seguirá para desenvolver essas habilidades tão essenciais para o seu papel profissional?

 

Edilene Rodrigues